Notícias de A a Z em 1 click!
CinedaVinci – Sempre com Novidades na área!

 

 

Lanterna Verde: Série da HBO Max terá o vilão Sinestro

A série da HBO Max que abordará o universo dos Lanternas Verdes não será uma mera produção derivada. De acordo com o The Wrap, a trama contará com grandes personagens da DC Comics.

A revelação foi feita pela chefe de conteúdos originais da plataforma, Sarah Aubrey. Ela afirmou em um evento da Associação de Críticos de Televisão que a história contará com “os dois maiores Lanternas Verdes da Terra”. A expectativa eles sejam Hal Jordan e John Stewart, os humanos mais conhecidos que já integraram a tropa galáctica nos quadrinhos.

Além disso, Aubrey também disse que Sinestro fará parte da série. Ele é um dos principais vilões do universo em questão, conhecido por ter transitado entre a força da vontade verde e a força do medo amarela. O antagonista tem relação direta com Jordan nos gibis, portanto é mais um indicativo de que ele será um dos protagonistas.

O responsável pela criação da série é Greg Berlanti. Ele já participou de outras produções televisivas da DC, como Batwoman, Supergirl e a futura Superman e Lois.

Nos cinemas, o Lanterna Verde já apareceu em 2011 no filme de Martin Campbell. Na ocasião, Hal Jordan foi interpretado por Ryan Reynolds, enquanto o Sinestro foi vivido por Mark Strong.

 

Star Wars: A Ascensão Skywalker cruza a marca do US$ 1 bilhão

Star Wars: A Ascensão Skywalker, nono filme da franquia de sucesso, ultrapassou a marca de US$ 1 bilhão nas bilheterias mundiais na última terça-feira (14), juntando-se a seus antecessores Star Wars: O Despertar Da Força, de 2015, e Star Wars: Os Últimos Jedi, de 2017. (via Variety)

O filme faturou US$ 481 milhões nas bilheterias domésticas e US$ 519 internacionalmente, num total mundial de US$ 1,001 bilhão.

É uma conquista notável, embora tenha demorado significativamente mais para ser alcançada do que os longas anteriores. A Ascensão Skywalker, do diretor JJ Abrams, ultrapassou o marco em 28 dias, enquanto O Despertar Da Força alcançou o valor em 12 dias, e Os Últimos Jedi em 19 dias.

A sequência de Star Wars: Os Últimos Jedi, longa de 2017 dirigido por Rian Johnson, traz o retorno de Daisy Ridley, Adam Driver, John Boyega, Oscar Isaac, Lupita Nyong’o, Domhnall Gleeson, Kelly Marie Tran, Joonas Suotamo e Billie Lourd e Mark Hamill. Além disso, Naomi Ackie e Richard E. Grant também se juntaram ao elenco.

J.J. Abrams assina a direcão e também o roteiro, o qual escreveu ao lado de Chris Terrio (Argo). Star Wars: A Ascensão Skywalker está em cartaz nos cinemas.

 

Pose: O que esperar da segunda temporada da atração

Pose, o drama musical que retrata as lendas e os ícones da subcultura do Ballroom em Nova York, já retornou com sua segunda temporada para o canal Fox Premium. A atração conta com o maior elenco de atores trans já visto em uma série. Na série, a atriz MJ Rodriguez vive Blanca Rodriguez, uma mulher que, ao receber um diagnóstico positivo de HIV / AIDS, é forçada a enfrentar sua mortalidade e se dedica a deixar seu legado.

A primeira temporada da série trouxe temas como identidade de gênero, HIV e os bailes e desfiles dos clubes LGBTQs nova iorquinos. Além dos temas que seguem permeando as histórias dos personagens, Pose promete continuar inspirando a audiência em sua segunda temporada.

Confira o que esperar deste novo ano:

Um salto para os anos 90

A primeira temporada da série se passa no final dos anos 80, mas na segunda temporada, Pose dá um salto para os anos 90, período em que a comunidade LGBTQ está sob todos os holofotes. A militância e ativismo, característicos dos anos 90, será visto de forma mais acentuada entre as personagens.

A luta contra o vírus continua

Personagens chave da série, como Blanca (MJ Rodriguez) e Pray Tell, interpretado pelo vencedor do Tony Award e indicado ao Globo de Ouro, Billy Porter, seguem sua luta contra a AIDS. Diagnosticados com o vírus, além do suporte emocional que dão um ao outro, orientar os mais jovens e tornar os dias dos soropositivos mais leves, ainda serão objetivos das duas personagens.

O colorido não sai de cena

Com tantos temas densos e complexos, a série não perde o seu pano de fundo, que são os tradicionais bailes nova iorquinos da comunidade LGBTQ dos anos 90. Os desfiles e competições entre as casas prometem muita cor, brilho, carão e duelos de vogue intermináveis. A frase “the category is” ainda será muito ouvida.

Sobre a série

Pose traz uma visão profunda e ao mesmo tempo colorida e rítmica da situação da comunidade LGBTQ da época e reflete verdadeiramente a luta dessa fração da sociedade atacada, subestimada e esquecida. Dessa forma, Pose destaca a luta pela inclusão sem deixar de lado todas as áreas em que ainda será necessária muita luta para a transformação.

Composto por dez episódios de uma hora, Pose é uma cocriação do par de Ryan Murphy e Brad Falchuk (reconhecido por grandes sucessos como GLEE, American Horror Story e NIP / Tuck) com Steven Canals e é uma produção da FOX 21 Estúdios de televisão e FX Productions.

A segunda temporada estreou no dia 04 de janeiro e tem episódios inéditos exibidos todos os sábados, às 21h45, no Fox Premium 1.

 

No Brasil, Karen Gillan faz revelações sobre Jumanji e Vingadores

A simpática Karen Gillan, famosa por viver Amy Pond em Doctor Who e Nébula em Vingadores – Ultimato, está no Brasil para divulgar Jumanji: Próxima Fase, sequência do sucesso de 2017 que estreia na quinta (16) em todo o país. A escocesa participou de um evento para imprensa organizado pela Sony, com a presença do Cineclick, e não cansou de elogiar o país. Ela ainda fez algumas revelaçóes sobre o longa e também sobre sua participação nos filmes da Marvel.

Para começar, ela comentou que fez muitas de suas cenas de ação de Jumanji: Próxima Fase. “Eles trouxeram a equipe de Missão Impossível e quando me disseram que eu ia fazer acrobacias como Tom Cruise eu fiquei ‘oh, não'”, brinca. E completa: “Eu fiz muitas cenas, mas eu não gostava das que envolviam pulo e os meninos gostavam de me zoar por isso, eles são como irmãos maiores”, comenta, deixando claro que o mais difícil das filmagens foram os mosquitos que enfrentou no Havaí.

Ela ainda se mostrou animada por ter outra mulher na equipe: Ming Fleetfoot, vivida por Awkwafina. “Foi ótimo ter outra garota lá, os rapazes são ótimos, mas ser a única garota pode ser solitário. Fiquei muito feliz com a novidade e fiz uma nova amiga”, explica.

O elenco da sequência conta com o retorno da equipe principal do jogo, encabeçada por Dwayne “The Rock” Johnson. As adições ao time de atores incluem Danny DeVito, o Pinguim de Batman – O Retorno, e Danny Glover, o Roger de Máquina Mortífera. Ambos chamados de lendas pela atriz, que ainda revelou que Kevin Hart a matava de rir e “Jack Black é a pessoa mais engraçada” que já conheceu.

Ela ainda comparou a dificuldade de viver personagens diferentes em Jumanji, com a complicação de atiar com a maquiagem pesada da Nébula em Vingadores – Ultimato e Guardiões Da Galáxia. “Aquilo tudo é claustrofobico. Mesmo com muitas acrobacias e personagens diferentes, é mais fácil trabalhar em Jumanju sem a maquiagem”, explica. E ainda completa. “Sem falar que eu lutei comigo mesma em Vingadores Ultimato, aquilo foi esquisito”, brinca.

Sobre o futuro, falou sobre a possível sequência da franquia fantástica da Sony. “Espero que aconteça, somos uma família e acho que seria ótimo voltar para fechar a trilogia ou fazer até mais filmes”, afirma animada.

E a atriz disse que ainda está no Universo Cinematográfico da Marvel. “Nébula sobreviveu e ela vai voltar, vamos ver o que o futuro reserva para ela”, comenta empolgada.

A direção de Jumanji: Próxima Fase fica a cargo de Jake Kasdan, quem Karen chamou de “arma secreta para a franquia funcionar”. O cineasta ocupou o mesmo cargo no filme anterior e também foi o responsável por produções como Sex Tape: Perdido Na Nuvem e Professora Sem Classe.

 

Tarantino diz que Marvel ainda não dominou o mercado de cinema

O ano de 2019 foi muito produtivo e lucrativo para a Disney, algo que Martin Scorsese criticou muito com foco na Marvel. Em entrevista ao Deadline, Quentin Tarantino também refletiu sobre o panorama do mercado conduzido por blockbusters.

“A produção comercial que é possuída pelos conglomerados, projetos que todos conhecem e têm essa característica em seu DNA, seja a Marvel Comics, Star Wars, Godzilla e James Bond, são filmes que nunca tiveram um ano tão bom quanto 2019”, diz o cineasta.

Ele completa o raciocínio: “Seria o ano em que a dominação deles estaria completa. Mas até que não foi, porque muitos filmes originais foram lançados e precisaram ser vistos pelo púbico e nos cinemas.”

O último filme de Tarantino lançado nos cinemas foi Era Uma Vez Em… Hollywood. O longa recebeu 11 indicações ao Oscar 2020, incluindo a de Melhor Diretor e Melhor Filme.

A cerimônia de premiação ocorre no dia 09 de fevereiro.

 

Diretora de Mulan fala sobre falta de músicas e Mushu no filme

Mulan é um dos filmes mais esperados do ano, mas também um dos mais discutidos por não ter alguns elementos da animação. Dois deles são os números musicais e o personagem Mushu, itens que a diretora Niki Caro falou em entrevista ao Digital Spy

“Nós não costumamos parar para cantar quando vamos para a guerra”, explica a cineasta. “Não estou falando nada contra a animação. As canções são brilhantes e se eu pudesse colocá-las lá (no filme), eu o teria feito. Mas nós honramos essas músicas de uma maneira significativa”, completa.

Além disso, ela também discutiu a ausência do dragão amigo da protagonista. “Acho que nós podemos dizer que Mushu é insubstituível”, afirma Caro. As especulações em torno do personagem era de que ele seria adpatado a uma fênix, porém esse não parece ser o caso.

“A animação clássica é assim nesse sentido (insubstituível). No (novo) filme, há uma criatura representativa – uma adaptação espiritual dos ancestrais e mais especificamente da relação de Mulan com o pai dela. Mas uma atualização de Mushu? Não”, diz a diretora.

A intérprete da guerreira no longa será Liu Yifei, de O Reino Proibido. O elenco ainda traz nomes como Donnie Yen, de Rogue One: Uma História Star Wars, e Gong Li, de Lanternas Vermelhas.

Mulan chega aos cinemas brasileiros no dia 26 de março.

 

Se gostou dá um like,
Se inscreva em nosso canal, compartilhe e concorra a prêmios

https://www.youtube.com/c/CineDaVincifilmes
https://www.instagram.com/cinedavincifilmes/

Fique por dentro, fique com a gente, descubra o Mundo CinedaVinci
@cinedavincifilmes

(3)

DaVinciNews

0 Comentários

Você pode usar as tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>